VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE UM MÉDICO PSIQUIATRA E UM MÉDICO NEUROLOGISTA?

Muitos confundem a área de atuação da neurologia com a da psiquiatria e…não raro, pacientes preferem procurar um neurologista a um psiquiatra na ilusão de que seu problema é mais “simples” e, portanto, dispensa o psiquiatra, “que cuida de casos mais graves, ou de “loucos”.

O neurologista trata de doenças neurológicas que acometem o cérebro, a medula espinhal e os nervos periféricos, causando prejuízos para a coordenação motora, força muscular, movimentos e sensibilidade do corpo ou cursando com perda da consciência, crises convulsivas, cefaléias, entre outros sintomas. Trata ainda das infecções do sistema nervoso central (meningites, encefalites), dos tumores, das doenças isquêmicas e hemorrágicas (como AVC’s).

A psiquiatria se encarrega do tratamento das desordens emocionais e do comportamento, que também ocorrem no cérebro, numa área especializada em emoção denominada sistema límbico.

O psiquiatra é o médico especialista em prevenir, diagnosticar e tratar doenças mentais, cujas manifestações são principalmente psicológicas. Isso quer dizer que os quadros tratados pelos psiquiatras dão poucos sintomas físicos: o que incomoda o paciente que procura um psiquiatra são ‘sintomas mentais’ que ele apresenta. Por exemplo: não tem vontade de fazer mais nada, fica sempre triste o dia inteiro, está ansioso, ouve vozes, é muito agitado e inquieto, tem dificuldade de se concentrar. Alguns exemplos de doenças tratadas por essa especialidade são: a depressão, os transtornos de ansiedade, esquizofrenia, transtorno bipolar, entre outras..

A psiquiatria e a neurologia são duas especialidades médicas, ou seja, especializações que o médico faz depois de se formar. Ambas trabalham bastante com o sistema nervoso, especialmente o cérebro, mas tratam de problemas completamente diferentes (e que geralmente causam muita confusão entre os pacientes na hora de escolher a especialidade necessária para seu problema).

O neurologista é o médico especialista em problemas no sistema nervoso, o que envolve não só o cérebro, mas também a medula espinhal e os nervos do nosso corpo. Então qualquer problema relacionado à integridade desses órgãos e ao seu funcionamento é de responsabilidade do neurologista (ou do seu equivalente cirúrgico – o neurocirurgião).

É verdade que as doenças psiquiátricas também são causadas por problemas no funcionamento do sistema nervoso, mas em geral os problemas tratados pelos neurologistas dão sintomas físicos e envolvem defeitos de caráter mais estrutural, físico, em alguma parte do sistema nervoso.

Algumas das doenças tratadas pelos neurologistas são: enxaqueca (alguns tipos), epilepsias e doenças vasculares encefálicas (como aneurismas).   Essa confusão é comum por se tratarem de especialidades que lidam muito com um mesmo órgão: o cérebro.

De forma simples e resumida, o neurologista se preocupa mais com alterações estruturais, anatômicas, enquanto o psiquiatra foca nos problemas mentais, com manifestações psicológicas. 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *